Follow by Email

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

ARREPENDIMENTO


A Bíblia registra em Lucas 15 versos 11 a 24 a parábola do filho pródigo.
Pródigo é esbanjador, aquele que retorna ao antigo grêmio.
A parábola fala de um pai e dois filhos, uma família equilibrada e estabilizada, porém, o filho mais novo estava inquieto, insatisfeito na casa do pai.
Por não aceitar a orientação do pai decide ter sua “liberdade”, em outras palavras, decidiu viver por conta própria.
Ele pediu parte da sua herança e seu pai atendeu o seu pedido.
Ao receber a sua herança saiu da casa do pai, foi para longe e viveu de forma irresponsável vindo a perder todos os seus bens.
Sem dinheiro, sem amigos, ninguém lhe dava nada e o único emprego que sobrou foi cuidar de porcos. O sofrimento era tanto, a fome tamanha que ele desejou comer do que os porcos comiam.
Foi nesta situação que ele tomou uma decisão, ele lembrou da casa do pai, dos funcionários que viviam de forma digna e, caindo em si, resolveu sair desta situação.
O arrependimento é mudança de mente, mudança de atitude.
Há dois momentos no processo do arrependimento na parábola do filho pródigo.
O primeiro é o desejo, o texto diz que ele caindo em si, levantou-se e resolveu ir para a casa do pai.
O segundo momento é a realidade, ele saiu do desejo e partir para a realidade. Ele confessou seu pecado ao pai e mudou de atitude,voltou para a casa do pai.
O arrependimento é a principal exigência para que haja perdão de pecados.
Arrependimento não é remorso, é a decisão de mudar.
E você, já decidiu mudar? Arrependa-se dos seus pecados e busque a Deus, ele está de braços abertos esperando você.