Follow by Email

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

50 ANOS DE VIDA CONJUGAL


50 ANOS DE VIDA CONJUGAL


A Bíblia afirma no Salmo 92 versos 14 e 15 “Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seiva e de verdor, para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha, e nele não há injustiça”.
Este texto é uma realidade para a vida de Joaquim Alves da Silva e Maria Marcelina da Silva que no dia 27 de dezembro de 2009, completaram 50 anos de feliz união.
Em 1959 eles fizeram um voto de que só a morte poderiam separa-los, por isso eles continuam firmes amando um ao outro e principalmente a Deus que tem sustentado o casal.
Desta união nasceram 9 filhos: Lorivaldo, Nivalda, Valdir, Ivani, Valdena, Davi, Sara, Meire e Rosivaldo, foi acrescentado à família mais uma por adoção Fábia.
Joaquim e Maria têm vivido o que o Salmista afirma, “os frutos na velhice”, eles atuam como evangelistas nas roças de São João do Paraíso-MG levando a Palavra de Deus aos moradores, nas casas e no salão de cultos.
Muitos aceitaram a Cristo pelo testemunho deste casal, há 30 anos começaram na casa deles um ponto de pregação do que hoje é a Igreja Batista Peniel em São João do Paraíso-MG (hoje com mais de 200 membros).
Em clima de muita festa e gratidão a Deus foi realizado um culto na Igreja Batista Peniel no dia 27 de Novembro de 2009. A igreja estava cheia, Joaquim e Maria estavam repletos de alegria, pois os filhos, genros, noras e netos compareceram e prestigiaram esta importante data.
O culto foi dirigido pelo Pr.Eloilton (pastor da igreja na ocasião), que convidou a membresia e visitantes para receber os familiares de Joaquim e Maria. Os filhos com seus respectivos cônjuges entraram pela porta central, seguido pelos netos e por fim o casal homenageado entrou e sentaram na plataforma do púlpito em um lugar já reservado para os dois.
O culto contou com participações musicais, canto congregacional e a mensagem foi transmitida pelo Pr.Cleverson Pereira do Valle (PIB Artur Nogueira-SP) que viajou 1.300 kilômetros com sua família para prestar homenagem ao casal, o pr.Cleverson é casado com Ivani, filha de Joaquim e Maria.
No final do culto outra homenagem foi feita a Joaquim e Maria, um vídeo contando a trajetória do casal e depoimentos de filhos, genros e netos.
A Deus toda honra e toda a glória, em tempos de casamentos descartáveis, é bom que se registre um feito como esse.
Que Deus continue abençoando as vidas de Joaquim e Maria, dando saúde física, emocional e espiritual.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

UM HOMEM DE VALOR


Pr.José Vieira Rocha é um homem de valor. Conheci o pr.Vieira quando o meu pai Salatiel Pereira do Valle presidia a União Masculina Missionária da Abanc (Associação Batista Norte da Capital-SP). Ele foi convidado para ser o preletor oficial do Congresso dos Homens. Daquele momento em diante passei a admirar este homem valoroso.

Estudei Teologia na Faculdade Teológica Batista de São Paulo e nesta época devorava todos os noticiários do meio batista. E sempre encontrava um artigo, uma nota dos feitos do pr.Vieira.

Ele tem gasto a sua vida na obra do Senhor Jesus. Por 31 anos pastor da PIB do Brás, 14 anos presidiu a Ordem dos Pastores Batistas do Brasil - Secção São Paulo e dirigiu a nossa Convenção Batista do Estado de São Paulo por diversas vezes. Foi o executivo da CBESP que apoiou os missionários do estado.

A Bíblia diz que devemos honrar pessoas assim. Pr.Vieira que a sua vida continue inspirando muitos e que nunca desista dos seus objetivos.

sábado, 16 de janeiro de 2010

PESSOAS QUE DEIXAM UM LEGADO


PESSOAS QUE DEIXAM UM LEGADO

Diariamente recebemos notícias de falecimentos, em todos os lugares do mundo. Morrem-se todos os dias milhares de pessoas. Uns em acidentes aéreos, outros no trânsito, outras vítimas de balas perdidas, enfim, morrem-se todos os dias. Causas naturais e doenças também ceifam vidas.
Temos certeza de uma única verdade, todo ser vivo vai morrer um dia.
A Bíblia afirma também “ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo, depois disto, o juízo.” Hebreus 9:27
A morte é o castigo pela desobediência do homem, “a alma que pecar, certamente morrerá”, “o salário do pecado é a morte”. Ezequiel 18:4 e Romanos 6:23
Diante desta realidade, pergunto: O que vamos deixar para a próxima geração? Qual o legado? Quando fala em legado tenho em mente o que o dicionário da Língua Portuguesa define como “Valor previamente determinado, ou objeto previamente individuado, que alguém deixa a outrem por meio de testamento. Aquilo que alguém transmite a outrem, que uma geração, escola literária, etc., transmitem à posteridade, etc.”
Com a tragédia no Haiti, perdemos uma brasileira notável, Zilda Arns, qual o legado ela deixou?
Acompanhe a trajetória desta mulher desde o seu nascimento.
“Médica pediatra e sanitarista, fundadora e coordenadora nacional da Pastoral da Criança, Organismo de Ação Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Nasceu no dia 25 de agosto de 1934, em Forquilhinha, Estado de Santa Catarina, Sul do Brasil. Filha de Gabriel Arns e Helena Steiner Arns. Irmã de Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal arcebispo emérito de São Paulo. Viúva (1978) é mãe de cinco filhos: Rubens (Médico Veterinário), Nelson (Médico), Heloísa (Psicóloga), Rogério (Administrador de Empresas) e Silvia (Administradora de Empresas). Para chegar até a indicação ao Prêmio Nobel, Zilda Arns percorreu um longo e dedicado caminho. Sua formação começa em Forquilhinha, SC e em 1959 termina o curso de Medicina, em Curitiba. Parte então, para suas especializações, que envolvem desde a Educação Física, a cursos de Pediatria Social, se encaminhado então a outros cursos de aperfeiçoamento. Começa sua vida profissional como Médica Pediatra do Hospital de Crianças Cezar Pernetta -Curitiba/PR - 1955 a 1964 e em 1983 é a Fundadora e Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, até a presente data. Suas participações em eventos internacionais são diversas, da Angola a Indonésia, Estados Unidos e Europa, Zilda Arns representa a Pastoral, palestra, acompanha Comitivas Brasileiras a outros países e leva a Pastoral da Criança para o mundo. Participa ainda de outros tantos eventos Latino Americanos, principalmente apresentando e divulgando o trabalho da Pastoral da Criança. Sua participação em eventos nacionais é praticamente incontável, desde 1994 são aproximadamente 27 eventos ligados à Pastoral da Criança e ainda inúmeros outros pela Pediatria. Tanta dedicação tem seu reconhecimento. Desde 1978, são diversas menções especiais e títulos de cidadã honorária. E da mesma forma, a Pastoral da Criança já recebeu diversos prêmios pelo trabalho que vem sendo feito desde a sua fundação”.
Poderia citar aqui Martin Luther King Jr., Abraham Lincoln, Airton Senna e muitos outros que deixaram um legado para a posteridade.
E você, após sua morte vai ser lembrado pelo que deixou?
A Bíblia diz “tudo o que o homem semear, isto também ceifará”, então, plante em vidas, invista em pessoas.