Follow by Email

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Patriotismo



Quase todo filme americano aparece a bandeira dos EUA. Os americanos são patriotas, usam camisetas com símbolo da pátria, colocam símbolos nas casas, outdoors e em diversos lugares.

Nós brasileiros vestimos a camisa verde e amarela de quatro em quatro anos, na época da Copa do Mundo. Tem alguma coisa errada nisso.

Se você vai aos grandes centros urbanos, encontrará nomes de muitas lojas em inglês. Parece que valorizamos mais as coisas de fora do que as nossas.

Ser patriota e amar à Pátria, esse amor é visto por atitudes que beneficiam a todos.

Não podemos ignorar o que acontece ao nosso redor, pessoas precisam de ajuda, precisam de auxílio. Ser patriota é ajudar o seu patrício.

Dia 7 de setembro é o Dia da Pátria, Dia da Independência do Brasil, nesta época do ano os nossos filhos pequenos recebem nas escolas o hino impresso, pintam bandeiras no livro didático e respiram os símbolos nacionais (brasão, bandeira, hino etc...).

Vejo que ser patriota é muito mais do que conhecer os símbolos nacionais, é amar o nosso país de verdade.

O que é amar o país? É respeitar as pessoas que vivem nele. A Bíblia ensina que devemos amar ao próximo, o amor é demonstrado por atitudes diárias.

No dia 21 é comemorado o dia do idoso e no dia 12 de outubro é o dia das crianças. Pergunto: o que estamos fazendo com os nossos idosos e nossas crianças?

Fico triste quando tenho notícias de filhos que possuem recursos financeiros e colocam seus pais em asilos, entristece quando pais abastados abandonam seus filhos em orfanatos.

Como patriotas é preciso fazer mais pela pátria, se cada cidadão brasileiro fizer a sua parte, teremos um Brasil melhor.

Jesus nos ensina a amar o próximo, esse amor é atitude e não discurso.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

PRECISAMOS DEFINIR ALVOS PARA A VIDA


É impressionante o número de pessoas que vivem de forma vegetativa, não me refiro a doentes, falo de pessoas que não tem alvos para a vida. São adeptos da filosofia do Zeca Pagodinho “deixa a vida me levar, vida leva eu.”

Vivem sem desafios, sem metas, sem sonhos. Acorda e toma o café da manhã, almoça, janta e prepara-se para dormir. Anos e anos dessa forma, sem perspectiva de futuro, não constroem nada, vivem na dependência dos outros.

Conquistar requer esforço, garra, persistência, coragem,  enfrentar os desafios diários, enfim, ter alvos definidos. Não vamos conquistar nada se não planejarmos.

Imagine a seguinte cena, você vai até a rodoviária e embarca para um destino qualquer, alguém pergunta para onde você está indo e você responde que não sabe; aliás, para você qualquer lugar serve.

Não pode ser assim, definir alvos é saber onde queremos chegar.

Ouvi uma mensagem dias atrás sobre a importância de definirmos alvos em todas as áreas de nossa vida. Área intelectual, quantos livros desejo ler este ano? Qual curso pretende fazer? Na área física, quero perder quantos quilos? Começarei a fazer caminhada a partir de... Na área financeira, quanto vou poupar? O que vou comprar? Na área matrimonial, como motivar o relacionamento a dois? Planos de viajar com o cônjuge, etc...

E não podemos esquecer da área espiritual. Qual alvo para esta área? Crescer no conhecimento de Deus, crescer na vida de oração.

O apóstolo Paulo deixa claro o seu alvo em Filipenses 3.13,14. “...mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus.”

Você já definiu alvos para a sua vida? Alvo é objetivo, não perca tempo e defina para  o seu próprio bem.




domingo, 4 de setembro de 2011

Analfabeto funcional


Embora o Brasil possua somente 7% da população totalmente analfabeta, não significa que podemos contar vantagem achando que 93% é alfabetizada.

Na realidade somente 25% da população brasileira é alfabetizada segundo dados do IBOPE de 2005. E os outros 75%? Como mencionei: 7% é analfabeto e 68% são analfabetos funcionais, sendo que 30% é nível 1 – alfabetização rudimentar e 38% nível 2 afalbetização básica.

O wikipédia traz a seguinte definição para analfabeto funcional: “é a denominação dada à pessoa que, mesmo com a capacidade de decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças, textos curtos e os números, não desenvolve a habilidade de interpretação de textos e de fazer as operações matemáticas.”

O número é impressionante, 68% de analfabetos funcionais no Brasil, pessoas que até lêem mas não sabem interpretar o que leu.

Quando estudei teologia, uma das matérias era hermenêutica, que trata da interpretação bíblica.

O dicionário define como interpretação do sentido das palavras; interpretação dos textos sagrados; arte de interpretar leis, exegese.

Outro dia saiu uma reportagem de um pseudo pastor dizendo que a Bíblia autorizava o adultério. Simplesmente ele leu “vá adúltera” e interpretou “vá adultera”.

Por não saber interpretar o que lê, grande parte da população vive á mercê do que é ensinado como sendo verdade. É necessário lutarmos pela diminuição do analfabetismo funcional no  Brasil.

A Bíblia menciona um episódio que um homem da Etiópia vinha na sua carruagem lendo o profeta Isaias, aproximou-se dele Felipe e perguntou “Entendes tu o que lês?” Ele respondeu: “Como poderei entender se não me explicar?” A Bíblia conta que Felipe explicou todo o texto e anunciou Jesus, naquele dia aconteceu a transformação daquele homem, ele foi salvo por Jesus.

É necessário entendermos o que lemos, não podemos ler e ficar sem entendimento. O que precisa ser feito e urgente é, lutarmos pela melhoria do ensino público em nosso país. Valorizarmos os professores remunerando muito bem e capacitando-os cada vez mais.

No campo espiritual não são diferentes, muitos não sabem interpretar o que o texto bíblico está dizendo, por isso ficam na mão dos exploradores da fé.

Sonhamos com a diminuição do analfabetismo funcional, sonhamos com homens e mulheres que saibam fazer uma análise crítica, após a leitura.

Somos livres e podemos viver sem ser manipulado por ninguém, para isso é necessário alfabetizar-se.

Pois, que não lê, mal ouve, mal fala, mal vê.