Follow by Email

segunda-feira, 22 de março de 2010

UNIÃO INDISPENSÁVEL


UNIÃO INDISPENSÁVEL

João 15.1-14
“Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (15.5).

Dizem que a união faz a força. Certa ocasião participei de uma dinâmica em que o participante devia quebrar um palito de sorvete, depois dois e assim por diante. Em certa altura da dinâmica não era possível quebrar os palitos sem a ajuda de todos os participantes, então, juntos somos mais.
Podemos também perceber o efeito da união na política, em época de eleições, e este ano é um ano eleitoral, os partidos fazem coligações para tentar ganhar as eleições.
Do inicio ao fim da vida precisamos de pessoas, quando nascemos duas pessoas se uniram para que pudéssemos ser gerados e ao morrermos, vamos precisar da união de quatro ou mais para carregar o nosso caixão.
Gosto muito deste texto sobre a videira e os ramos de João 15, ele ensina muito sobre unidade, comunhão.
Jesus foi bem claro aos seus discípulos ``sem mim nada podeis fazer’’, e não podemos mesmo.
O texto fala que se permanecermos Nele daremos muito fruto, e no verso 7 Jesus também enfatiza sobre a unidade a ele e a sua palavra ``se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito’’.
Todos precisam estar ligados a Jesus, pois, só seremos frutíferos quando entendemos a importância de estar diariamente unidos a Cristo.
Não estamos falando apenas de unir-se a uma denominação, ou filiar-se a um departamento da igreja, mas, o que se espera é a união com Jesus.
Esta união acontece no dia da conversão, ou seja, quando a pessoa reconhece o seu pecado e pede para Jesus fazer morada permanente na vida.
Quem permanecer em mim diz Jesus, esse dá muito fruto, para frutificar é necessário esta união indispensável. Somos cristãos porque decidimos aceitar o convite de Jesus de ir a Ele e agora estamos unidos com Ele. Glória a Deus.


Nenhum comentário: