Follow by Email

terça-feira, 11 de novembro de 2008

SER DIFERENTE NO MUNDO DE IGUAIS

Lendo o livro de Daniel, podemos perceber características que diferenciaram a vida daquele jovem.
O contexto do livro é de cativeiro, o império Babilônico levou cativo muitos jovens da família real e da nobreza, o rei Nabucodonozor pediu jovens sem defeito físico, de boa aparência, cultos, inteligentes, que dominassem os vários campos do conhecimento e fossem capacitados para servir no palácio do Rei.
O propósito era que esses jovens esquecessem a sua cultura, língua, religião e imergissem na cultura babilônica, gostei de uma frase do Pr.Marcos Granconato ``babilonizar’’, os nomes deles foram trocados lembrando deuses pagãos e agora eles deveriam viver em função da babilônia e comendo a comida do Rei.
Entre estes jovens estavam Daniel e seus amigos Hananias, Misael e Azarias.
O destaque que faço é para a postura de Daniel no verso 8 do primeiro capítulo, `` Daniel, contudo, decidiu não se tornar impuro com a comida e com o vinho do Rei; e pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles’’.
Daniel decidiu fazer diferença, ele sabia que comendo a comida e bebendo o vinho do Rei estaria pecando contra Deus; a comida e o vinho eram sacrificados a ídolos, a deuses pagãos.
Precisamos de pessoas como Daniel nos dias de hoje, que não participem dos manjares da ``babilônia’’, que faça diferença no mundo de iguais.
Paulo fala em Efésios 5:11 ``Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz’’.
Queridos, Daniel tinha vida de oração, temor a Deus, era estudioso da Palavra e não amou a sua própria vida (preferiu ser lançado na cova dos leões a trair o seu Deus).
O final do livro de Daniel diz `` Quanto a você, siga o seu caminho até o fim. Você descansará e, então, no final dos dias, você se levantará para receber a herança que lhes cabe’’ Daniel 12:13.
Vamos imitar a vida de Daniel e impactar a sociedade com o evangelho de Cristo.

Nenhum comentário: